PREFEITURA, DEFESA CIVIL E SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA ADOTAM AS PRIMEIRAS MEDIDAS NO CASO DA FOSSA DO CONJUNTO MARIZ II.

0

Logo após ser informada sobre o afundamento da fossa séptica localizada no Conjunto Mariz 2, uma equipe Secretaria de Infraestrutura esteve no local acompanhada da Defesa Civil, para analisar o rompimento da estrutura e possíveis perigos aos moradores da localidade.

Inicialmente foi feito o isolamento de toda a área e dadas orientações aos moradores vizinhos da fossa bem como os procedimentos e cuidados que deverão ser tomados.

Seguindo orientação do COBRADE, o coordenador da Defesa Civil, Adelzon Felisberto, interditou a área e afirmou que as fortes chuvas foram um dos fatores para o afundamento, e também o tempo de construção da mesma, aliado a construções de casas bem perto da fossa.

A Prefeitura, nesta quarta-feira (2), irá começar o trabalho de reconstrução e recuperação da fossa. Porém por recomendações da Defesa Civil deverá ser construída uma nova fossa séptica, mais afastada das casas, assim que o clima estiver favorável. Contudo inicialmente a reconstrução já vai proteger as famílias e diminuir os transtornos.

Fonte: ASCOM.

Compartilhe esta notícia!.

Autor

Comentários estão fechados.